quarta-feira, 11 de abril de 2012

OS MAMUTES FORAM PARA MARTE

Os mamutes reinaram por bom tempo naquela Terra selvagem há cerca de 12 mil anos. Fonte de alimento e vestimenta para os homens de então, acredita-se que a espécie se estinguiu pela caça abusiva e também por alterações climáticas. Gigantes pela própria natureza os mamutes apenas deixaram alguns vestígios de sua passagem pelo planeta através de fósseis que em nossos dias são exibidos mundo afora. Cientistas acreditam na possibilidade de clonar os mamutes e enquanto isto, bem lá longe as lentes captam a imagem de um mamute na superfície do planeta Marte.
A sonda Mars Reconnaissance Orbiter, da Nasa foi a responsável pela captação da impressionante imagem na planície marciana de Elysium que segundo os cientistas trata-se apenas de uma formação de lava denominada de pareidolia, uma função do nosso cérebro que nos faz tentar, mesmo que de forma inconsciente, identificar formas similares às que conhecemos em outros objetos. 
A pareidolia é a mesma que nos faz ver bichinhos em nuvens e mexe muito com nossa imaginação.
Mamute na superfície de Marte. Foto captada pela
Sonda Mars Reconnaissance Orbiter, da Nasa.
Efeito cerebral ou não, a verdade é que tal imagem nos leva a repensar seriamente sobre a possibilidade de existir na vastidão do espaço um mundo selvagem e inóspito como foi a Terra no passado. Se por lá existirão mamutes ou não é outra questão, mas neste instante, os mamutes foram para Marte para acenar com a grande possibilidade de que realmente não estamos sós no Universo.


Um comentário:

Sissym disse...

Querido amigo, que fantastico isso! DEMAIS!!!!!!!!!! Fico só pensando no meu pai, queria que estivesse vivo para ler isso, por exemplo.

Sabe por que vim? SAUDADES!

Voce é um GRANDE amigo!
Estava relendo suas palavras e minha composição:
http://blogzoomideiasdafadasemfim.blogspot.com.br/2012/02/conversa-ao-pe-do-ouvido.html

BEIJOS