quinta-feira, 21 de junho de 2012

QUAL É O SIGNIFICADO DA LIBÉLULA?

Na primeira vez a surpreendi se debatendo no vidro da janela!
Com calma e extremo cuidado a apanhei com as mãos e assim, cansada, se aquietou até recuperar as forças e partir para seu destino. Foi um curto espaço de tempo, coisa de dois minutos e que para nós dois, acredito, tenha sido uma eternidade. Para mim, um cadinho mais de descobertas a respeito de outras vidas e para ela, certamente, a aventura inesquecível de enxergar a vastidão do mundo e não poder entrar.
Graças a Deus, mãos salvadoras lhe devolveram à vida. Era uma Libélula! Na segunda vez nosso encontro foi mais original, bem próximo ao mundo onde vive, onde as águas lhe provêm alimento e um bom tanto de espelhamento. Claro que não era a mesma da primeira vez, mas senti uma certa gratidão naquela segunda. De repente pousou no meu ombro e ali ficou por instantes, inerte, com suas frágeis asas mexendo-se em camera lenta. Depois partiu rapidamente num vôo mágico, para cima, para baixo, para o lado e rente ao espelho da água.
Um espetáculo de dança único, esplêndido, que ao meu ver, só as libélulas tem a capacidade de promover. Ambas a cenas se eternizaram em minha mente e um belo dia, novo reencontro, mas desta feita assistindo o filme “O Mistério da Libélula”, uma película envolvente, com bom roteiro, ótimas locações e uma história que realmente emociona. A cada espaço de tempo, lá ressurgem no meu caminho esses sêres alados mágicos e em cada reencontro, vou fazendo novas descobertas. Desta vez o motivo foram os selos postais lançados em Aland, que retratam duas belas libélulas e que me obrigaram a fazer uma pesquisa rápida para poder chegar até esta linha. Porque daqui para frente, tenho que adentrar na pergunta que muitos já fizeram, outros fazem e por certo, outra legião de pessoas o fará no decorrer do tempo: Qual é o significado da Libélula?
As respostas a seguir foram extraídas do blog Carpe Diem, da Marina Melo, de Itaboraí/RJ (http://marinamelow.blogspot.com.br/2009/03/libelula.html)
Libélula= libellulus, o diminutivo de livro(liber),devido à semelhança de suas asas com um livro aberto, ou libella, que significa balança, pelo movimento de suas asas que oscilam levemente durante o vôo.
Aparelhada com o maior olho proporcional do reino animal, a libélula usa seu sofisticado aparelho visual como um radar. Posicionando-se sempre contra a luz solar, é capaz de detectar movimentos impercepetíveis aos nossos olhos. O batimento das asas e a possibilidade de planar da “demoiselle”(senhorita, como a libélula é chamada pelos franceses),inspirou o brasileiro Alberto Santos Dumont na criação de seu modelo mais bem sucedido. Aparece no outono e simboliza mobilidade, transitoriedade e autoconhecimento. É a essência dos ventos de mudança, de transformação positiva. Irrequieta, voa incessantemente, planando, dando rasantes, subindo ou pousando como um helicóptero; e parece ter sempre muita pressa. Isso porque este inseto está sempre vivendo o ponto culminante de sua vida(até se transformar em libélula, passando por metamorfoses, sua vida dura em torno de 4 anos e quando adulta, vive muito pouco – 3 meses no máximo- e não tem tempo a perder.
Selos postais emitidos
recentemente por Aland e
que motivaram este artigo.
Este belo inseto atraído pela Rica Luz, representa a imortalidade e a regeneração da vida julgada perdida, que se encontra no vôo cego que tudo enxerga dentro da própria vida... A libélula simboliza ir além das ilusões criadas por nós mesmos que limitam nosso crescimento e mudança. As libélulas são um símbolo de autoconhecimento que vem com maturidade.
 São voadoras fantásticas, rápidas como a luz, torcendo, girando, mudando de direção, mesmo indo para trás demonstram sempre a necessidade de se levantar e recomeçar. Sigamos então, dentro do que nos for possível, este exemplo de vivacidade que a Natureza nos proporciona atráves desses mágicos vôo da libélula.

5 comentários:

Berna disse...

Só agora entendo porque este serzinho maravilhoso tanto me encanta...em muito, meu espirito se assemelha as libelulas: alado, inqueieto, perceptivo...

Anônimo disse...

Linda a descrição, e coincidiu que dei a primeira joia a minha filha, um anel com duas libélulas justamente nos dezoito anos, passando para maturidade, e o que ela mais gosta é ler..

Pedro Brasil Jr disse...

Agradeço a você Berna pela visita e pelas palavras aqui deixadas.
Da mesma maneira, a você "anônimo", desejando que sua filha siga lendo muito, porque quem lê sempre vaimais longe e faz grandes descobertas.
Que a transparência das sensíveis asas da Libélula permita irradiar muita luz no caminho de todos vocês.
Grande abraço!
PEDRO BRASIL
Columbia News

Anônimo disse...

Quando cheguei de viagem tinha uma do lado do meu travesseiro, achei que ela estivesse morta, mas no dia seguinte avistei ela do lado da porta de entrada da casa, mas ja estava morta, não consigo me perdoar por ter deixado ela morrer.
Adorei seu blog, lindo o que vc escreveu sobre a libélula.

Anônimo disse...

Este belo inseto atraído pela Rica Luz, representa a imortalidade e a regeneração da vida julgada perdida, que se encontra no vôo cego que tudo enxerga dentro da própria vida...

Divino comentário, perdi minha esposa,Deus a colheu, julguei que minha vida estava perdida, mas Deus me deu uma nova companheira ela viu em uma casa e adorou na parede do quarto libélulas decorativas, compramos também e colocamos na parede do nosso quarto sem saber do seu surpreendente significado à regeneração da vida, e foi o que aconteceu comigo, DEUS É PERFEITO,
fez Eu , FEZ VOCÊ E TAMBÉM AS LINDAS LIBÉLULAS...ISAC BRASIL.